Atenção! Você está no site Defensive Agrovant. O conteúdo deste site é destinado à agricultura e demais profissionais do setor agrícola.

Entidades vão destinar R$ 1,21 milhão para capacitar produtores

Defensive Agrovant > Notícias > Entidades vão destinar R$ 1,21 milhão para capacitar produtores

Os diretores do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Minas Gerais (Senar Minas) e da Cooperativa Regional de Cafeicultores em Guaxupé (Cooxupé) assinaram convênio para a realização de cursos voltados à capacitação dos cafeicultores nas áreas de atuação da cooperativa. Para este ano, o valor do acordo será de R$ 1,21 milhão, montante 34,4% maior do que os R$ 900 mil aplicados em 2017. A capacitação dos cafeicultores é considerada fundamental para o avanço da qualidade da produção e o aumento da produtividade e dos ganhos financeiros.

O convênio foi assinado ontem, durante a 17º edição da Feira de Máquinas, Implementos e Insumos Agrícolas (Femagri), que é realizada pela Cooxupé. O evento reúne as principais novidades destinadas ao setor cafeeiro.

De acordo com o gerente regional do Senar Minas em Passos, Rodrigo de Castro Diniz, a assinatura da parceria entre a entidade e a Cooxupé é importante para o desenvolvimento dos cafeicultores e da produção mineira de café.

“São vários os cursos oferecidos pelo Senar, e o produtor tem a oportunidade de conhecer as novidades e técnicas que podem aprimorar o seu trabalho. Os cursos têm como objetivos ampliar a qualidade da produção, a produtividade e, com isso, agregar valor e competitividade à produção de café”, explicou.

As expectativas são positivas em relação à participação dos produtores. Os cursos a serem realizados pela equipe do Senar Minas serão escolhidos conforme a demanda de cada região, o que estimula a maior participação dos cafeicultores. Além disso, com os resultados alcançados nos cursos anteriores, a participação e os investimentos são cada vez maiores.

Parceria antiga

Diniz explica que a parceria entre o Senar Minas e a Cooxupé começou em 2011. De lá para cá, foram investidos cerca de R$ 5,2 milhões e realizados mais de 1.600 cursos. Ao todo, foram atendidas 19 mil pessoas, entre produtores rurais e trabalhadores da cultura do café. “Para se ter uma ideia da evolução do convênio, no primeiro ano da parceria, o aporte foi de R$ 200 mil”, disse Diniz.

Neste ano, a previsão é aplicar R$ 1,21 milhão na realização de cursos, sendo que cada instituição contribuiu com R$ 605 mil. Os recursos serão destinados às regionais do Senar em Patos de Minas – no Alto Paranaíba, onde serão aportados R$ 185 mil -, e Passos, no Sul do Estado, onde os investimentos serão de R$ 1,025 milhão. Ao todo, serão 45 cidades envolvidas nas regiões Sul, Sudoeste e, pela primeira vez, no Alto Paranaíba.

“Os cursos a serem realizados serão definidos conforme a demanda dos produtores de cada região. As capacitações visam aos processos de certificação de qualidade e de rastreabilidade. Dentre os resultados alcançados nos anos anteriores, os produtores conseguiram ampliar a produtividade, ter melhor eficiência no controle de pragas e doenças e se dedicar à produção de microlotes de cafés especiais, por exemplo. Tudo isso gera competitividade e ganhos, o que estimula a participação crescente nos cursos”, avaliou Diniz.

Os cafeicultores que quiserem participar das capacitações devem ser associados à Cooxupé e ao sindicato rural parceiro do Sistema Faemg, que engloba o Senar Minas.

Com o tema “Produção responsável para uma cafeicultura de sucesso”, a Femagri acontece de 21 a 23 de fevereiro, em Guaxupé, no Sul de Minas Gerais.

 

Fonte: http://www.portaldoagronegocio.com.br/noticia/entidades-vao-destinar-r-121-milhao-para-capacitar-produtores-169043

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat